Rotam prende integrantes de facção criminosa e evita possível assassinato em Mandaguari

https://www.plantaomaringa.com/fotos/noticias/gd_rotam-prende-integrantes-de-faccao-criminosa-e-evita-possivel-assassinato-em-mandaguari-6721-6520.jpg


A equipe da Rotam prendeu três pessoas e evitou um possível assassinato, em Mandaguari. Um dos presos é Gean Matheus Miranda Felipe, de 23 anos, que foi baleado no dia 27 de maio, em Marialva, durante um ataque a tiros. O comparsa de Gean, identificado como Aleksandro da Silva, de 18 anos, morreu no ataque. Um dos atiradores também morreu ao ser atingido pelo próprio companheiro. 

De acordo com a Polícia Militar, ainda foram presos Guilherme Augusto de Oliveira Lugli, de 23 anos, e Marcos Florindo Souza, de 26 anos, ambos moradores de Maringá. Os policiais realizavam patrulhamento no bairro Jardim Bela Vista, quando avistaram uma Fiat Strada em uma rua escura. 

Quando a equipe se aproximou, o motorista ligou o veículo e saiu em alta velocidade, por diversas ruas da cidade. Foi realizado um acompanhamento tático e na frente da faculdade Mandaguari, o motorista perdeu o controle da direção e invadiu a calçada. Durante a abordagem foi localizado no interior do automóvel, duas pistolas 9 mm e 35 munições. 

Ainda de acordo com a Polícia Militar, em desfavor de Guilherme Augusto havia um mandado de prisão em aberto pela morte de Iago Rodrigo Pereira Ferreira, de 27 anos, executado na tarde do dia 25 de abril no final da Avenida Pedro Taques, em Maringá. 

Os presos que segundo a polícia, pertence a uma facção criminosa e estaria em guerra com um grupo rival, que disputa pontos de vendas de drogas na cidade de Mandaguari.

 



Imagem de Rotam prende integrantes de facção criminosa e evita possível assassinato em Mandaguari

Veja também