Prefeitura de Maringá
Policial

Pai de família que foi baleado na frente na filha durante assalto morre no hospital

Morreu no Hospital Universitário de Maringá, o pai de família Antônio Aparecido Pena, de 62 anos, que foi baleado na frente da filha durante um roubo a residência em Paiçandu. 

A vítima foi internada em estado grave após ser atingida por três disparos de arma de fogo, por um criminoso que estava de saidinha de Natal. O crime ocorreu na noite da última terça-feira (3). O assaltante foi preso no dia seguinte pela Polícia Civil de Paiçandu. 

A prisão 

Investigadores da Polícia Civil de Paiçandu, sob o comando do delegado Gustavo Brito – com o apoio de Policiais Penais, chegaram até o principal suspeito de ter atirado em um homem de 62 anos, durante um assalto. Trata-se do presidiário Guilherme Giovanni da Silva, de 27 anos, detento da Colônia Penal de Maringá (CPIM).

Guilherme estava de “saidinha de fim de ano,” quando cometeu o crime na noite da última terça-feira (3). Com o auxílio das imagens capturadas por câmeras de segurança e relatos de várias testemunhas, os investigadores da polícia civil identificaram o indivíduo. Nesta quarta-feira (4), ao retornar e se apresentar no CPIM, onde está recolhido por haver cometido outros crimes – ele recebeu voz de prisão e foi conduzido até a delegacia de Paiçandu para serem tomadas as providências cabíveis.

A arma usada para ferir o morador, seria uma pistola calibre 09 milímetros que não foi encontrada. Guilherme conta com uma extensa ficha criminal. Em 2019 ele em companhia de mais três criminosos mantiveram uma família refém durante um assalto em São Jorge do Ivaí.

O crime

Um homem foi baleado durante um assalto em uma casa na Rua Carlos Roberto Seghezi, em Paiçandu, na noite desta terça-feira, dia 03 de janeiro. 

Segundo informações da Polícia Militar, pai e filha estavam sentados em uma área, nos fundos da residência. A moça ouviu alguém mexer no portão. Ela avisou o pai e foi verificar. Neste momento ela viu o assaltante pulando para dentro do quintal do imóvel. 

Mediante ameaças à moça foi a primeira a ser rendida. Na sequência o criminoso foi até o homem e exigiu que ele entrasse algumas correntes de ouro que a vítima estava no pescoço.

No momento em que Antônio Aparecido Pena, de 62 anos, foi retirar as correntes, o marginal se assustou e atirou três vezes contra ele. Os tiros atingiram o tórax, abdômen e braço de Antônio. 

Socorristas do Corpo de Bombeiros e a equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foram acionados e a vítima foi encaminhada ao Hospital Universitário em estado grave. Já a filha que viu o pai sendo baleado não ficou ferida. 

De acordo com a PM, o suspeito fugiu levando um aparelho celular. 

Mustang Auto Peças CARINA-PAULINHO Rita Marmita Auto Mecânica Bachega RT-TRACK

Theddy Gonçalves

O Plantão Maringá é um site fundado no final de 2017, pelo repórter cinematográfico Theddy Gonçalves que se especializou em notícias policiais.

Veja Também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar navegando em nosso site. Obrigado!