Prefeitura de Maringá
Policial

Papai Noel é conduzido para a delegacia suspeito de abusar sexual da neta em Maringá

Um homem que trabalha como Papai-Noel, foi denunciado pela neta de 16 anos, que é portadora de necessidades especiais por abuso sexual nesta quarta-feira, 14, em Maringá. 

A Guarda Civil Municipal foi acionada e conduziu todos os envolvidos para a Delegacia de Polícia Civil de Maringá. Uma foto do momento do abuso foi apresentada ao delegado de plantão. 

O homem que tem 70 anos de idade, nesta época do ano ele trabalha como Papai-Noel no comércio da cidade, inclusive chegou a ser presidente da Associação dos Papais-Noéis de Maringá. 

O caso veio à tona, após a vítima pedir ajuda para uma tia. O conselho tutelar e o Nucria (Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes) de Maringá, estão acompanhando o caso. 

A adolescente que cuida da avó, que é cega, contou que o avô tocou em suas partes íntimas e foi obrigada a fazer sexo oral. Para cometer os abusos, o avô ameaçava matar toda a família, caso a neta pedisse ajuda a alguém. 

Ainda segundo a adolescente, o avô pediu para ela tirar uma foto deles juntos durante o ato. A imagem foi apagada, porém ficou armazenada na lixeira do aparelho do Papai-Noel. 

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.  Veja o depoimento do pai da adolescente 

Mustang Auto Peças CARINA-PAULINHO Rita Marmita Auto Mecânica Bachega mafra RT-TRACK

Theddy Gonçalves

O Plantão Maringá é um site fundado no final de 2017, pelo repórter cinematográfico Theddy Gonçalves que se especializou em notícias policiais.

Veja Também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar navegando em nosso site. Obrigado!