Prefeitura de Maringá
Policial

Pistola utilizada para matar mulher na frente da filha de 6 anos em Sarandi é apreendida pela PC

A arma utilizada por Johnatan Mariano Ferreira, de 30 anos, para matar a esposa Cláudia Maria da Silva de Jesus, de 37 anos, foi apreendida por investigadores da Polícia Civil de Sarandi, na tarde desta terça-feira (27). 

A pistola 9mm com kit rajada estava com um vizinho do assassino. De acordo com o Delegado Doutor Adriano Garcia, durante o período da manhã, uma equipe da Guarda Civil Municipal abordou o suspeito e com ele foi localizado um carregador de pistola com capacidade para 30 munições. 

Com a prisão do indivíduo, os investigadores foram até a casa dele em busca da arma. Porém, ele dizia não estar com a pistola. Durante as buscas, a filha do suspeito pediu ao pai para ele entregar a arma. 

Neste momento o homem então resolveu falar onde estava escondida a pistola. Questionado sobre como ele conseguiu pegar a arma, ele relatou que no dia do crime, entrou em luta corporal com o assassino e conseguiu desarmá-lo. 

Ele tentou vender a arma anunciando em um grupo de venda no WhatsApp, porém acabou preso. 

O crime

Cláudia Maria da Silva de Jesus, 37 de anos, foi covardemente assassinada pelo atual companheiro, na tarde desta sexta-feira (23), na Rua Trinta e Cinco, no bairro Jardim Nova Independência, em Sarandi. O assassino foi preso em flagrante pela equipe do Pelotão de Choque de Maringá.

De acordo com informações de testemunhas, Cláudia estava acompanhada da filha de seis anos, quando começou ser agredida e ameaçada pelo marido. Ela saiu da casa do casal e tentou buscar ajuda numa igreja evangélica, que fica a cerca de 500 metros de distância da residência dela. 

Armado com uma faca e uma pistola 9mm Johnatan Mariano Ferreira, de 30 anos, foi atrás e não deixou ela entrar na igreja. 

Ainda segundo as testemunhas, neste momento o homem começou a atirar contra a esposa. Ela conseguiu correr mais alguns metros e acabou caindo e foi morta com mais de 10 tiros. Um dos tiros atingiu o portão da igreja.

O crime foi presenciado por três, inclusive uma delas, uma menina de 6 anos, filha de Cláudia. 

A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foi acionada, mas a vítima já estava em óbito. 

Logo após os tiros Johnatan fugiu, mas acabou preso por uma equipe do Pelotão de Choque de Maringá. Na casa dele foi apreendido maconha, cocaína e uma balança de precisão. A arma do crime não foi localizada. 

Johnatan tem passagens por tráfico, furto e em 2016 foi preso por homicídio, porém estava solto com uso de uma tornozeleira eletrônica. 

Após o trabalho da perícia, o corpo foi recolhido e encaminhado ao Instituto Médico Legal de Maringá. 

Na cena do crime a perícia recolheu um carregador de pistola e uma faca. 

Mustang Auto Peças CARINA-PAULINHO Rita Marmita Auto Mecânica Bachega RT-TRACK

Theddy Gonçalves

O Plantão Maringá é um site fundado no final de 2017, pelo repórter cinematográfico Theddy Gonçalves que se especializou em notícias policiais.

Veja Também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar navegando em nosso site. Obrigado!