Prefeitura de Maringá
Policial

Polícia Civil divulga foto de suspeito que tentou matar e enterrar homem em Sarandi

A Polícia Civil de Sarandi, divulgou na manhã desta sexta-feira (17), a foto do principal suspeito de atirar e esfaquear um homem na noite desta quinta-feira (16), no Jardim Nova Aliança, em Sarandi. Trata-se de Alfredo Fernandes Dias Lima, de 21 anos, vulgo Sabará. 

Ele em companhia de outros três indivíduos obrigaram Michel Salomão Matozo Ferreira, de 25 anos, a cavar uma cova e depois balearam e esfaquearam o rapaz, que só conseguiu escapar após se fingir de morto.

Quem tiver qualquer informação que leve à prisão de Alfredo – Sabará entre em contato com o WhatsApp denúncia anônima da Polícia Civil de Sarandi – 44 – 99137-9773 

O crime 

Um homem foi baleado e esfaqueado por traficantes e obrigado a cavar a própria cova na noite desta quinta-feira (16), no bairro Jardim Nova Aliança, em Sarandi. Michel Salomão Matozo Ferreira, de 25 anos, só conseguiu sobreviver após se fingir de morto. 

A Polícia Militar foi acionada na Rua Caxambu, onde segundo o solicitante uma pessoa estava gritando por socorro em meio a uma mata. O homem foi encontrado caído em um barranco. 

Mesmo com ferimentos graves, ele conseguiu relatar aos policiais, que foi ameaçado e levado até o local, por quatro homens que estavam armados de faca e revólver. Ele ainda passou o nome dos suspeitos aos policiais. 

Socorristas do Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foram acionados e por ser um lugar de difícil acesso, os socorristas tiveram bastante trabalho para retirar o rapaz, com segurança do local. Após quase uma hora de trabalho, ele foi encaminhado ao Hospital Metropolitano. 

De acordo com o médico do Samu, quando estava chegando no hospital, o quadro clínico piorou e a vítima precisou ser intubada. 

Motivação 

De acordo com o Delegado Doutor Adriano Garcia, Michel foi acusado pelos criminosos de ser o autor do furto de uma arma no bairro, e por isso ele teria sido julgado pelos traficantes a morte. 

Em seguida, a vítima foi levada para uma área de mata, onde foi obrigado a cavar sua cova – foi torturado, esfaqueado na região do tórax e atingido por dois tiros nas costas. Michel se fingiu de morto. 

Três criminosos deixaram o local por um instante e o quarto criminoso começou a enterrar a vítima. Michel aproveitou esse momento – se levantou, correu por alguns metros e para escapar – pulou em um buraco. 

Durante diligências o delegado localizou uma enxada e um par de chinelo próximo a cova. Devido a gravidade do crime, Adriano Garcia, pediu à justiça, ainda de madrugada, a prisão dos envolvidos neste crime brutal.

Equipes da Polícia Militar e Guarda Civil Municipal realizaram buscas, mas ninguém foi preso. 

Mustang Auto Peças CARINA-PAULINHO Rita Marmita Auto Mecânica Bachega RT-TRACK

Theddy Gonçalves

O Plantão Maringá é um site fundado no final de 2017, pelo repórter cinematográfico Theddy Gonçalves que se especializou em notícias policiais.

Veja Também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar navegando em nosso site. Obrigado!