Prefeitura de Maringá
Policial

Três pessoas vão a júri popular acusadas de matar idoso e atirar no neto dele 

O julgamento de três acusados da morte do idoso Jovil Eugênio de Souza, de 71 anos, e da tentativa de homicídio contra o neto dele, vai ocorrer nesta quinta-feira (23), no Fórum de Astorga. Após quase 4 anos de ocorrido o crime, vão sentar no banco dos réus Lucas Augusto Leme, de 22 anos, Cristiano Delfino Rodrigues, de 41 anos, vulgo “Coyote”, e Schaiana Krause Lionardo, de 26 anos.

No dia 05 de agosto de 2019, o idoso Jovil Eugênio de Souza, de 71 anos, foi covardemente assassinado com vários tiros de pistola 9mm e .40, quando chegava a uma Igreja. Ele tinha acabado de entrar na casa quando foi rendido por criminosos encapuzados e armados. O idoso foi obrigado a deitar no chão da sala, junto com o neto de 13 anos e a esposa. 

Os assassinos perguntaram por Genésio Eugênio de Souza , que é filho de Jovil. Como o idoso não soube dizer onde estava o filho. Os atiradores então atiraram no idoso e no neto que estava ao lado do avô. O neto foi socorrido e encaminhado ao hospital com ferimentos graves, porém sobreviveu. Já o senhor Jovil, morreu no local.

Mustang Auto Peças CARINA-PAULINHO Rita Marmita Auto Mecânica Bachega mafra RT-TRACK

Theddy Gonçalves

O Plantão Maringá é um site fundado no final de 2017, pelo repórter cinematográfico Theddy Gonçalves que se especializou em notícias policiais.

Veja Também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar navegando em nosso site. Obrigado!